Transmissão da Covid pelo ar aumenta responsabilidade coletiva e deixa toque de recolher a noite ineficiente

0
318

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reconheceu  “evidências emergentes” de transmissão pelo ar do novo coronavírus, depois que um grupo de cientistas cobrou do organismo a atualização de suas orientações sobre como a doença respiratória se espalha.

O crescente número de estudos e testes que mostram que a transmissão do vírus da covid-19 também ocorre por via aérea, principalmente em ambientes fechados, com aglomeração de pessoas e pouca ventilação, levou a OMS a não descartar essa possibilidade.

Com esse reconhecimento da transmissão pelo ar, as medidas tomadas pelas autoridades em Campo Grande ficam a desejar, pois as pessoas mesmo isoladas em casa poderiam pegar o vírus, como já aconteceu alguns casos registrados em vários Estados, Na capital do MS, ônibus lotados em horários de picos são visíveis no dia a dia, e aglomerações durante o dia em bancos, supermercados, lotéricas, lojas e outros comércios.

A prefeitura adotou o toque de recolher das 20:00 as 05:00 da manhã, como se o vírus covid19 só atacasse a noite, claro que o objetivo também é evitar acidentes e outras ocorrências que poderiam elevar o numero de pacientes nos hospitais já que há poucos leitos e respiradores disponíveis.

Com essa posição da prefeitura em decretar o toque de recolher somente a noite, sai prejudicado o comercio noturno e trabalhadores que sobrevive trabalhando na noite, a exemplo garçons, cozinheiras, músicos e muitos outros trabalhadores que dependem dessa renda para levar sustento para a família, comprar remédios e pagar contas que também são essenciais no dia a dia como o gás, aluguel, telefone entre outros que não estão de quarentena, e não param de chegar os boletos nas residências.

As empresas  e os órgãos de proteção de credito não estão interessados se o devedor esta sem poder trabalhar ou não. Os governantes antes de proibirem o povo de trabalhar deveriam proibir as empresas de cobrarem as dividas e colocar o nome dos trabalhadores nos orgãos de proteção ao credito.

Muitos trabalhadores se revoltaram com o decreto que prejudica somente o comercio noturno e acham injusto essa atitude, pois já que é para proteger, então que fechem tudo pelo período estipulado ou se faça o toque de recolher alternando entre a noite e o dia

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui