Polícia Militar autua infrator em R$ 5 mil por exploração ilegal de madeira em reserva legal utilizando motosserra sem licença

0
156

Policiais Militares Ambientais de Aquidauana realizavam fiscalização ambiental na região do assentamento Andalúcia, próximo à cidade de Nioaque e constataram o corte ilegal de árvores nativas da espécie aroeira, para exploração da madeira, dentro da reserva legal coletiva (área protegida) do assentamento.

O criminoso havia realizado o corte de várias árvores e transformado em 60 postes de madeira que seriam vendidos por R$ 30,00 cada um, sem a devida licença ambiental. O infrator também utilizou uma motosserra que não possuía a licença de porte e uso (LPU), a qual foi apreendida, juntamente com a madeira e uma motocicleta usada na ação. As atividades foram interditadas.

O infrator (41), residente no assentamento, foi autuado administrativamente e multado em R$ 5.000,00, referente ao corte da vegetação e pelo uso ilegal de motosserra. O autuado foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Nioaque, juntamente com a motosserra e a motocicleta e responderá por crimes ambientais de exploração ilegal de madeira, que prevê pena de seis meses a um ano de detenção e por crime de uso de motosserra ilegal em florestas, pena de três meses a um ano de detenção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui