Polícia Militar Ambiental autua serraria em R$ 11,5 mil por armazenamento de 38 m³ de madeira nativa ilegalmente

0
191

Durante fiscalização ambiental em uma serraria no perímetro urbano de Nova Alvorada do Sul, Policiais Militares Ambientais de Dourados localizaram  madeira armazenada sem o documento de origem expedido pelo órgão competente.

38,4 m³ de madeira das espécies aroeira, piúva, angico e cumbaru em toras, vigas, tábuas, esteios e pranchões estavam no pátio da empresa e não havia a autorização ambiental (DOF – Documento de Origem Florestal), que é o documento legal para se ter em depósito ou transportar qualquer produto florestal. A madeira foi apreendida.

A empresa infratora foi autuada administrativamente e multada em R$ 11.520,00. Os responsáveis poderão responder por crime ambiental, com pena prevista de seis meses a um ano de detenção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui