Parceria com o governo do Estado viabiliza revitalização de praça em Nova Andradina

0
70

Com a entrega da Praça Brasil, Nova Andradina passa a contar com um dos mais belos cartões postais do Brasil.

Governo do Estado investiu R$ 1.371.421,54 na segunda etapa do projeto, que consistiu na construção de quiosques, monumento ao Pantanal, monumento ao Brasil e paisagismo

Nova Andradina (MS) – O município de Nova Andradina comemora,  60 anos de emancipação político-administrativa, com diversas inaugurações e anúncios de novas obras. Uma delas é a “nova” Praça Brasil, na qual o governo do Estado investiu mais de R$ 1,3 milhão, e que deverá se transformar num dos mais belos cartões postais de Mato Grosso do Sul.

O novo espaço conta com monumentos históricos em homenagem ao Pantanal, Índios Ofaiés, estados da federação e ao fundador do município Antonio Joaquim de Moura Andrade. Também fazem parte da praça seis quiosques, fonte luminosa, sanitários, iluminação pública, bancos, drenagem, revestimentos, jardinagem e paisagismo, rede hidráulica, calçamento e estacionamento para veículos.

A nova “Praça Brasil” foi construída com recursos federais, estaduais, totalizando cerca de R$ 2,9 milhões. A verba oriunda da União foi viabilizada pelo atual secretário estadual de Saúde Geraldo Resende, quando ainda exercia o mandato de deputado federal, em 2015. Para tanto, Geraldo viabilizou uma emenda de R$ 800 mil no Ministério do Turismo, tendo sido liberados R$ 780 mil, que custearam a primeira etapa do projeto. A contrapartida do município foi de R$ 31.174,36.

Os recursos desta primeira etapa garantiram a reconstrução do calçamento com tijolinho, implantação do Monumento aos Ofaiés, bem como uma parte da instalação elétrica. A segunda parte foi custeada com recursos estaduais e municipais, totalizando R$ 1.887,738,98, dos quais, R$ 1.371.421,54 foram repassados pelo governo do Estado e R$ 516.317,44 foi a contrapartida do Município. Nesta fase, aconteceu a construção de seis quiosques, monumento ao Pantanal, monumento ao Brasil, canteiros para as árvores e plantio de grama.

A terceira fase teve um custo de R$ 195.191,78 e foi bancada integralmente pelo município, consistindo no acabamento, posteamento para a iluminação, drenagem de água e paisagismo. Paralelamente, a administração municipal garantiu também a fonte luminosa, ao custo de R$ 41.997,50, a iluminação (R$ 168.662,80) e o projeto arquitetônico, além de padrão trifásico (R$ 10.195,94).

“Espaços para a prática do lazer e atividades culturais é uma das ações que desenvolvemos em parceria com os municípios, por entender que esses locais propiciam uma vida mais saudável”, explica Geraldo Resende. “Com nosso trabalho, ainda na condição de parlamentar federal em parceria com o governo do Estado e o Município, Nova Andradina passa a ter uma das praças mais belas praças do Brasil, promovendo também o resgate histórico e a valorização da cultura local, do Vale do Ivinhema e de Mato Grosso do Sul”, conclui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui