anuncio

Coletiva de imprensa híbrida do Prosseguir será realizada nesta quinta-feira, às 08h15

Por Ronei Ribeiro - Redação Estado MS News em 02/09/2021 às 06:28:56

O Governo do Estado, por meio do Comitê Gestor do Prosseguir, presidido pelo secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, realiza nesta quinta-feira (02) a coletiva de imprensa do Prosseguir, às 08h15.


Nesta edição, Riedel receberá o secretário de Cultura e Cidadania, João César Mattogrosso e o diretor-presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Gustavo de Arruda Castelo, que vão falar sobre o plano de retomada na área da cultura.


A coletiva acontece em formato híbrido. A imprensa poderá participar presencialmente, no auditório da Governadoria, desde que realize o agendamento prévio junto à assessoria de imprensa, garantindo assim as normas de biossegurança.


Os demais órgãos de imprensa podem participar online, acompanhando a coletiva nas redes sociais do Governo, e mandando as perguntas também para a assessoria de imprensa. O objetivo da coletiva é ampliar o alcance das informações do Prosseguir em relação ao momento atual, as ações relacionadas à retomada econômica, entre outras decisões.


Como vai funcionar a coletiva?

Presencial – Os veículos de imprensa devem confirmar a participação por telefone (67 99257-2194), informando inclusive os nomes das equipes de suporte, até às 18h da quarta-feira.

Online – As perguntas podem ser enviadas por whatsapp (67 99257-2194), até às 18h da quarta-feira.

Serão respondidas as perguntas dos veículos que estarão na Governadoria e na sequência as perguntas enviadas para assessoria.


Sobre o Prosseguir

Em junho de 2020, o Governo do Estado do Mato Grosso do Sul, com o apoio técnico da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS/OMS, criou o Programa de Saúde e Segurança na Economia (PROSSEGUIR), com o objetivo de estruturar um método baseado em dados, informações e indicadores capazes de nortear os diversos agentes da sociedade, principalmente os entes públicos, a tomarem suas decisões e tornarem suas ações mais eficientes no combate à propagação e aos impactos da COVID 19 em nosso Estado.






Comunicar erro
propa

Comentários

tres