Defesa Civil Estadual monitora alagamentos e quedas de árvores em MS

0
128

Chuvas fortes com alagamentos na Capital e em Batayporã e quedas de árvores em Mundo Novo foram registrados pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil desde segunda-feira.

Dia 26, choveu 40 mm em Batayporã e algumas ruas da área central ficaram alagadas. O nível d’água na Lagoa do Sapo subiu, mas ela não chegou a transbordar.

Em Campo Grande, alagamentos em vários pontos foram registrados e a Defesa Civil do Estado mandou alertas para os celulares cadastrados pedindo para a população evitar áreas alagadas na ruas Jintoku Minei, Rachid Neder e Joaquim Murtinho. Ruas viraram rios e a água invadiu carros e casas.

Para evitar tragédias, a Defesa Civil Estadual tem um sistema de alerta para celulares. Até janeiro, mais de 42 mil aparelhos já estão cadastrados. Quem quiser aderir ao sistema e receber um aviso por SMS quando houver risco de desastre basta enviar uma mensagem de texto para o número 40199 com o CEP de interesse.

O mesmo usuário poderá cadastrar mais de um CEP para receber os alertas. Também poderá deixar de receber o serviço quando desejar. A partir do cadastramento, telefone e respectivo endereço são automaticamente incluídos na lista de envio dos alertas sempre que houver risco de desastres naturais na região indicada.

Em Mundo Novo, até cobertura de posto de gasolina cedeu com tempestade.

Na segunda-feira (25.2), chuvas intensas foram registradas em Mundo Novo, onde diversas árvores caíram e chegaram a atrapalhar o trânsito e causar prejuízos. A mesma situação aconteceu em Coronel Sapuacaia.

“Estamos monitorando e enviando mensagens à população para conseguir prevenir desastres. Entramos em contato com a meteorologista Franciane [Rodrigues, do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima] e estamos conversando com as Defesas Civis municipais. As chuvas estão acima da média”, afirma o coordenador estadual de Defesa Civil, tenente-coronel QOBM Fabio Santos Coelho Catarineli.

Árvores desabaram e atrapalharam o tráfego na região central do município.

Recomendações

A Defesa Civil do Estado recomenda alguns cuidados no caso de chuva e ventos fortes como evitar áreas de alagamento e não ficar debaixo de árvores, placas de propaganda e torres de transmissão.

Os motoristas devem tomar cuidado quando o nível da água ultrapassar a altura do meio-fio. Quem estiver a pé também precisa tomar cuidado para não ter contato com a água nas ruas, que pode estar contaminada pelo esgoto e ser transmissora de doenças.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui